quarta-feira, 14 de agosto de 2013

VENCEREI COMO JOSUÉ

''Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.'' Josué 1:9

A primeira vez que li esse versículo era ainda adolescente, nunca mais esqueci. Deus disse à Josué para ser forte e ter bom ânimo diante das dificuldades, das circunstâncias da vida. É muito bom recebermos uma promessa, nos sentimos fortes e animados à vencer qualquer batalha, como dizia uma amiga minha '' pode vir tudo, estou pronta''. Entendo que quando Deus prometeu ser com Josué e que ele levaria o povo até a terra prometida, Deus também estava dizendo: '' Josué, vou ser contigo, vou te dar a terra prometida, porém, tu terás batalhas, guerras para ganhar, terás que conquistar.'' É assim com as nossas vidas, Deus nunca nos abandona, mas temos que fazer nossa parte, conquistar a nossa terra prometida. Quantas manhãs me senti como Josué, forte, dizia pra mim mesma:'' Vou vencer, vou conquistar, nada vai me deter'', a tarde chegava, e depois a noite e com ela os inimigos da minha fé, o medo, a insegurança chegavam para me tirar da rota, do caminho da terra. Levanto os olhos e o que vejo? Muralhas, decepções, tristeza, engano, enfim muita dor. É dolorido você colocar a confiança nas pessoas e descobrir que te mentiram,  e que você perdeu seu tempo com pessoas erradas, que não acresceram nada na tua vida, apenas atrapalharam a tua caminhada. È inevitável que as lágrimas não caiam em nosso rosto e o desespero tome conta do nosso ser. Bem dizia Jeremias que enganoso é o coração e que devemos confiar somente em Deus. Nesse momentos digo pra mim mesma: '' Como você é burra, como deixou ser enganada ?'' Bom, não podemos retroceder no tempo e desfazer o que já está feito, o jeito é seguir em frente e aprender com os erros. Nesses momentos eu lembro da promessa de Deus para Josué, e me lanço aos seus pés, conto pra Ele as minhas dores, a angústia que dilacera minha alma e peço que seja comigo também, que me ajude a vencer os meus conflitos, as minhas batalhas diárias e que eu consiga assim como Josué conseguiu alcançar êxito nas suas batalhas. Josué lutou e conquistou! Josué venceu os gigantes, derrubou as muralhas, enfim ele foi vencedor! Também serei! 

Vera Lucia     14/08/2013

2 comentários:

  1. Lendo a forma tão altruísta como narrou a saga de Josué, confesso que senti um ânimo tremendo diante das agruras da vida.

    Acho tua sensibilidade admirável!

    ResponderExcluir
  2. Grata... Diante das dificuldades da vida, Deus que é o dono da Vida nos dá ânimo!!

    ResponderExcluir