terça-feira, 23 de abril de 2013

O Deus que sonda...

" Senhor  sei que tu me sondas..." Salmos 139:1
Quantos vezes oramos como Davi. Sim, diante do olhar de Deus  não tem como disfarçar a verdadeira dor, a verdade. Podemos disfarçar das pessoas que nos rodeam, podemos sorrir e por dentro estar em pranto. Mas quando falamos com Deus, temos que ser sinceros, seu olhar é penetrante, vê o mais profundo do nosso ser. Quantas vezes quis falar, quis desabafar, gritar, pôr pra fora a dor que estava me sufocando. Falei com tantas pessoas , estive em vários lugares e ninguém viu. Ninguém viu que eu queria chorar, ninguém percebeu que eu queria um abraço, um carinho. Quantas vezes quis ouvir uma palavra de incentivo, de apoio, e tive que tirar forças pra incentivar e apoiar aqueles que chegavam a mim. Quantas vezes disse: " vai dar certo " , quando não tinha certeza de nada. Quantas vezes disse : " Vou conseguir" quando mal conseguia dar um passo. Houve dias da minha vida que não me permitia que as pessoa me vissem chorar, o que iriam pensar. Sempre passava a imagem da mulher feliz, realizada. Vi que é perda de tempo. Gosto de uma música que diz : " Em dias assim..." entendi que em dias de anonimato emocional, em dias de angústia da alma,  há um que sonda e conhece, um que entende. Davi conheceu o Deus que sonda. O Deus que ouve, que enxuga as lágrimas, ele mesmo disse: " O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer" Salmo 30:5, ele viveu esses momentos. Aprendi com Davi a buscar consolo no Deus que sonda, no Deus que ouve, que nunca está ocupado, nunca está em off. É no aconchego dos braços do pai,  procuro abrigo na sombra do onipotente, e digo: " Acalma meu coração!" , derramo minha alma, meus lamentos, conto a ele onde dói, divido com ele as tristezas, as decepções que são tantas, e as feridas? Peço a Ele que venha com o bálsamo curá-las, pois quando penso que elas cicatrizam , voltam a sangrar. Lembro -me que Paulo disse em Romanos que o Espírito Santo intercede com gemidos inexprimíveis, peço ajuda a ele para expressar meus sentimentos, para que ele leia nas lágrimas que rolam o que não consigo dizer em palavras, e oro: " Deus Sonda meu coração, acalma meu coração!" Nesse momento, sinto algo tão gostoso, sinto a presença do altíssimo, a brisa suave, sinto o seu abraço. Ouça sua voz: " Não vou te decepcionar, estou contigo, conheço tua vida. " Sinto a paz invadir meu ser... Sim, meu amigo de todas as horas, meu tudo, meu socorro, meu provedor, meu Deus, ele nunca me abandonará, sempre me ajudará. O Deus que sonda está comigo, entende minhas lágrimas, entende meus momentos. Conhece minhas limitações, meus defeitos, minhas fraquezas, realiza meus sonhos. Guia meus passos em meio aos desertos da vida!! O Deus que sonda me ama e nunca me deixará só. 


Vera Lúcia 24/04/2013 

5 comentários:

  1. É isso amiga Vera, só O nosso Verdadeiro Amigo nos conhece tal qual nós somos, muitas veses nem nós próprios nos conhecemos bem, mas a Ele nada lhe escapa, é por isso que podemos desabafar com Ele, Ele sara as nossas feridas de uma forma imaginável,e nos traz tranquilidade, seu amor corre como rio caudeloso para nossa vida.
    Bom texto.
    Paz.
    António.

    ResponderExcluir
  2. Boa reflexão! Gostei também do seu blog. Que o Eterno a abençoe mais e mais.
    Na Paz de Cristo!!!

    ResponderExcluir
  3. Quando o Senhor nos sonda, é como se a ele oferecêssemos nossas preces num cesto de vime, através dos rios da oração. Inevitável não termos nossas preces recolhidas e cuidadas com carinho pelo Criador.

    Excelente mensagem, parabéns!

    ResponderExcluir