quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A mulher que Deus deseja...

“ Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto” Salmos 51:10

Essa deve ser a oração que toda mulher que deseja ser segundo o coração de Deus deve orar. Quando o salmista falou essas palavras ele desejava agradar a Deus de todo coração, apresentar a Deus um coração puro e sincero. Nos equivocamos quando pensamos que Deus se agrada de sacrifícios, e que ele deseja homens e mulheres perfeitas. Deus ama o coração sincero, Davi escreve que: “ ... a um coração quebrantado e contrito não desprezarás ó Deus.” Salmos 51:17. Hoje, em pleno século XXI, vivemos o alto consumismo, onde a busca pela beleza é intensa, a tecnologia avança a cada dia, dando-nos condições de alterar as formas do corpo, mudar cabelos e tantos outros mais. A mídia nos fornece o modelo da mulher ideal, aquela mulher fatal que vai abalar por onde passar. Muitas para se adequar ao sistema atual, gastam dinheiro e tempo, correm de um lado para o outro, e de repente se deparam com si mesma diante do espelho e concluem que não valeu a pena. Deus criou a mulher para algo sublime e supremo, a mulher é dotada de uma beleza própria, a beleza que nenhuma plástica pode fornecer. Quando Deus olha para mim e você, ele não vê se nosso cabelo está preto ou cor de chocolate, ele não vê se estamos mais gorda ou magra, ele não olha se nosso nariz é quadrado ou precisa de um ajuste. Não! Deus, quando olha para nós mulheres ele deseja que nos tornemos segundo o seu coração. Quando entramos no jogo do mundo atual, acabamos nos tornando frias e calculista, nos tornamos egoístas e a busca do sucesso e da aceitação nos torna muitas vezes em máquinas. Tudo o que Deus fez ele fez perfeito, ele criou a mulher para ser a companheira que Adão precisava, ele criou a mulher para ser amiga, esposa e mãe. Ele dotou a mulher de uma inteligência que a diferencia do homem, o tal sexto sentido, a capacidade de fazer tantas coisas ao mesmo tempo. A capacidade de amar incondicionalmente, perdoar e de se doar em prol do outro. Deus procura mulheres que desejem se tornar segundo o seu coração, mulheres que fujam do sistema do século XXI, mulheres que tenham atitudes e que sejam sinceras em suas ações. Mulheres que não percam a essência para a qual foram criadas. Pergunto a você que está lendo essas palavras: “ Que mulher você quer ser? A mulher moldada pelo século XXI ou uma mulher segundo o coração de Deus?” Para sermos a mulher que Deus deseja, temos que fazer como Maria, sentar aos pés do mestre e ouvir o que ele tem a dizer; deixar ele conduzir nossas vidas pelo caminho que for o melhor para nós, se mesmo em vales ou desertos andarmos, termos a certeza que Deus está conosco. Sermos como Ana e deixarmos tudo no altar, contar a Ele todas as angústias e dores da alma, ter Deus como melhor amigo, aquele que entende os momentos. Ser fiel, equilibrada, e disponível a cumprir o chamado, dizer como Isaías “ Eis-me aqui, envia-me a mim” Isaias 6:8. Ser como Débora, determinada e com atitudes. Como Bigail e interceder pela sua família, negando-se a si mesmo pelo bem do próximo. Assim com a mulher do fluxo de sangue, que tocou nas vestes de Jesus e recebeu a cura. Saber perdoar aqueles que nos fere, ser sincera com Deus e mais do que tudo, saber que toda a nossa vida está mãos do Senhor, ele tem o controle de tudo. Como ser essa mulher que Deus deseja e para qual ele criou em um mundo capitalista, consumista? O salmista nos dá o caminho: “ Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto” Salmos 51:10. Sim, apresentarmos a Deus um coração puro e sincero é o caminho, ouvir sua voz como Samuel (I Samuel 3:8) e deixar ele ter a supremacia em nossa vida. É possível sim, sermos a mulher que agrada a Deus em pleno século XXI, é possível sim, dizer: “Senhor, ... cumpra-se em mim segundo a Tua Palavra" (Lucas 1:38)

Vera Lúcia janeiro de 2012