domingo, 15 de julho de 2012

Aprendendo com Ana


Orar é falar com Deus, é contar a Ele nossa dor, as aflições do dia a dia, as angústias da alma. A Biblia não nos dá regras para a oração, posso falar com meu Deus deitada, em pé, sentada, mas quando nos ajoelhamos, quando no prostramos diante dele em sinal de reverência, sentimos que alcançamos seu coração. Davi diz no salmo 51: 17 que um coração contrito e quebrantado, Deus não despreza. Lembro-me de Ana quando chega ao templo e se joga no altar, não se importando com os olhares surpreso do sacerdote Eli, muito menos com o julgamento que ele faria diante dessa atitude. Ana tinha tomado uma decisão, ela contaria toda sua dor para o Deus todo poderoso, dono dos céus e terra, o único que poderia lhe dar o seu milagre, o seu Samuel! O sacerdote quando olhou essa mulher diante do altar, julgou que a mesma estivesse bêbada, com ela estava orando com amargura de alma, ela estava chorando e pedindo socorro, pedindo que Deus julgasse sua causa, e lhe concedesse um filho. O sonho de Ana era ser mãe, e Ana sonhava em ter muitos filhos, no momento isso parecia impossível e inatingível. Muitas eram as provações da sua inimiga, e sozinha Ana não conseguia mais prosseguir, suas forças se acabaram... Quando  oramos ao Senhor e contamos a Ele nossas fraquezas, nossas dificuldades e colocamos nele toda a confiança e esperança, Deus responde com milagres, passamos a ver o impossível acontecer diante de nossos olhos. Diz a Bíblia que quando Ana levantou, seu semblante já não era mais triste, ela sabia que Deus ouvira sua oração! E Eli presenciou o dia que Ana adentrou ao templo e disse: " Por esse menino orava eu" . Sim, nossos inimigos verão o agir de Deus em nossa vida, os acusadores verão que quando oramos Deus responde, Deus se manifesta com milagres. Aprendo com Ana, e faço como ela, conto a Deus meus segredos, minhas dores e sei que ele ouve e acalma os ventos na minha vida, Deus é meu guia e protetor, como   Ele disse a Abraão: " Sou teu Escudo" , eu creio e prossigo em busca dos meus sonhos!  Faça com Ana, Aprenda com Ana e verás seus sonhos se realizarem diante de teus olhos!

Vera Lucia   15/07/2012

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Clama a mim...

Deus fala com Jeremias incitando-o a clamar, invocar, a falar com ele sobre suas indagações. Dizendo: " Clama a mim, eu te responderei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes" Jeremias 33:3 
Jeremias estava desiludido com a sua situação atual, encerrado no pátio da guarda, profetizava e não recebia crédito, estava vivendo uma sessão de nostalgia. Quantas vezes nos encontramos em dias como os de Jeremias, dias que o sol não brilha, os sonhos parecem distantes, inatingíveis... Em dias cinzentos, dias de decepções, de solidão e angústia,  ouvimos a voz de Deus falando ao nosso coração como falou com Jeremias. " Clama", " Invoca", quando falamos com Deus, nosso amigo fiel, quando contamos a Ele nossas necessidades, nossa real situação, contamos a ele as dores da nossa alma, Ele nos ouve, e envia o refrigério. Ele anuncia coisas grandes e ocultas. Deus ouve nossa voz, ouve a oração quando feita com quebrantamento, com propósito, quando choramos aos seus pés, assim com fez Ana, Ele chora conosco e nos consola. Jesus, quando chega em Betânia e Maria chora aos seus pés contando a ele que seu irmão estava morto, ela dizia a ele através das lágrimas, e agora? O que será de nós? Estamos sozinhas, Lázaro morreu... Jesus chorou, Jesus sentiu a dor de Maria, e operou o milagre, ressuscitou a Lázaro. Jesus quer fazer o mesmo nas nossas vidas, ele deseja ressuscitar nossos sonhos, nossos projetos. Aprendamos com Jeremias, a clamar, a buscar, a confiar naquele que tudo pode. Jeremias chorou e lamentou, mas viveu pra ver as suas profecias serem cumpridas. Deus é fiel, e responde ao nosso clamor. Quando Jesus andava pelo caminho e ouviu uma voz: " Filho de Davi tem misericórdia de mim", ele ouviu a voz daquele homem cego, e operou o milagre, restaurando a sua visão.  " A oração de um justo pode muito em seus efeitos" Tiago 5:16

Vera Lúcia 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Deus que nos ama e realiza os nossos sonhos!

Meditando como é a vida e como ela passa tão depressa, as horas do dia passam de tal forma que nem prestamos atenção nos ponteiros do relógio. Com o mover dos ponteiros nossa vida também se move, e cada movimento é importante  e define o nosso futuro. Perdemos muito tempo penando em como as coisas poderiam ser diferentes se tomássemos outra direção, se certas decisões tivessem sido adiadas. E pensar no passado pode ser frustante e desgastante, nos impede de ver o futuro. A culpa por decisões erradas nos afligem e nos impedem de prosseguir no caminho que Deus tem preparado para nossas vidas. Sonhar os sonhos de Deus podem custar certos sacrifícios, fazer a vontade de Deus, e estar no centro de sua vontade, nem sempre é um caminho com rosas, tem espinhos, porém, é gratificante quando vemos o agir de Deus, o seu cuidado com nossa vida e como Deus se preocupa com os detalhes. Deus se importa com nossos sentimentos, nossos sonhos. Lembro-me quando sonhava em ter um notbook, e naquele momento parecia impossível esse sonho se tornar realidade. Mas o desejo de ter um notbook era muito grande e orei algumas vezes sobre isso. Hoje, o notbook é minha ferramenta de trabalho, é como um amigo inseparável... Do nada, Deus tornou esse sonho realidade, e fez ele ser um item indispensável na minha vida. Quantos desejos simples e que muitos podem dizer serem inúteis ou então bobos, mas Deus como amigo que nos conhece, ele nos concede. Quando vou na casa da minha melhor amiga, ela sabe que eu gosto de bolo de milho, ela sempre faz. Da mesma forma, sempre fazemos as coisas que agradam a pessoa que amamos. Assim é Deus. Ele conhece o mais profundo da nossa alma, dos nossos sonhos mais secretos, ele ouve as orações, e sonda os nossos corações. Lembro-me da mulher samaritana, uma mulher que nem consta seu nome na Bíblia, uma mulher sem identidade, sem referências, apenas com um passado negro e com muitos sonhos frustrados. Essa mulher sonhou em ser amada, respeitada, ela sonhava em ter identidade, em ser reconhecida pelos vizinhos como a pessoa que ela era e não pelo seu passado ou forma de vida. Jesus como o grande amigo e por nos amar incondicionalmente, ele mudou o seu trajeto para encontrar essa mulher. Jesus não a julgou, mas a amou. Entendeu a sua dor, o que ela guardava no fundo do coração, e todos os dias quando ia buscar água no poço, essa ferida sangrava e a machucava. Jesus sabia que a vida sentimental dessa mulher era a sua maior ferida e sabia também que ela sonhava em ser amada. Jesus, tocou na ferida e ofereceu a cura, a água viva que cura as feridas da alma, que lava todas as manchas e deixa tudo novo. E esse encontro com Jesus mudou a vida dessa mulher. O seu sonho de ser reconhecida se realizou, ela correu e avisou aos vizinhos que tinha encontrado um homem que mudou sua vida, falou tudo sobre ela, não a julgou e a entendeu. Todos ouviram Jesus e também testemunharam para aquela mulher que esse homem era tudo e muito mais do que ela falara... Deus realiza os nossos sonhos, Deus é um Deus que conhece, que sonda, ele disse a Jeremias: " eu te conheci antes que nascesse, quando ainda eras formado no ventre ..." Vale a pena contar para o amigo Jesus nossos sonhos e crer que ele realiza os sonhos mais impossíveis diante de nossos olhos.  Sonhe, e confie a ele os seus sonhos!!!

Vera Lucia  22/06/2012

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Clamando ao Filho de Davi

Ouse sonhar.... há momentos que os sonhos parecem utopias. Os alvos mais desejados e pelos quais lutamos tanto parecem não terem sentido, o vazio parece tomar conta da nossa vida. O azul do céu se torna escuro e pensar que o sol pode voltar a brilhar, é realmente impossível. Nesses momentos onde o céu está cinzento, o barulho da tempestade são como música de fundo no cenário da vida, eu faço como o cego de Jericó quando ouviu que Jesus passava por ali. Ele clamou: " Jesus! Filho de Davi tem misericórdia de mim!" Jesus ouvindo sua voz, se aproximou e perguntou: " O que queres que eu te faça?"  O que o cego de Jericó mais queria na vida era voltar a ver, e retomar a sua vida, sua identidade, ele deixaria de ser " o cego de Jericó", deixaria de pedir esmola, voltaria a ser chamado por Bartimeiu. Jesus, quando olhou para dentro da alma daquele homem ele não viu sua deficiência, assim como ele não vê as minhas fraquezas, ele entende e nos ama. Ele olhou o cego e disse: " Vai tua fé te salvou" Em outras palavras: " Veja" . Qual alegria desse homem ao ver a luz do sol, a natureza, as pessoas que ele amava, e poder andar, correr, saltar e não depender de nada para seguir seu caminho. Sua alegria foi tanta que ele seguiu Jesus pelo caminho.Ele voltou a sonhar! Assim como esse homem, quantos dias eu me encontro na beira do caminho e preciso que o olhar meigo do mestre Jesus, me alcance, e me pergunte :" O queres que eu te faça?" Quem sabe você esteja a beira do caminho e como aquele homem esteja gritando: " Filho de Davi tem misericórdia de mim". Jesus amigo fiel e inseparável, ouve nossa voz, muitas vezes um gemido. Conhece o nosso momento e nos socorre. Davi diz no Salmo 121: " Olho para os montes de onde me virá o socorro, meu socorro vem do senhor que fez os céus e a terra", Com uma palavra Jesus dissipa toda tempestade e o sol volta a brilhar em nossas vidas, os sonhos mortos revivem, e a alegria chega em nossa casa. Vale lembrar que quando Bartimeu começou a clamar, muitos o tentaram parar, dizendo a ele que ficasse quieto, era inútil gritar, que se conformasse com sua sorte. E não é diferente em nossas vidas, os nossos inimigos como a dúvida a incredulidade, tentam nos fazer desistir, até mesmo as pessoas que nos rodeiam nos dizem: " pare de clamar", nos desanimando. Assim como Bartimeu, continuemos a clamar e na mais alta voz, não dando ouvido aos opositores, e clamar cada vez mais alto, até que o sol da justiça brilhe em nossas vidas outra vez. Os sonhos mais impossíveis  se realização, porque Jesus não nos condena e nem julga, ele nos ajuda nos dias maus e nos conduz ao caminho da felicidade, o caminho da realização e o caminho da presença de Deus. Ouse sonhar os sonhos de Deus!

Vera Lúcia

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Em tudo Deus tem um propósito

Grande é o poder de Deus! o Salmista escreveu: " Grandes coisas fez o Senhor por nós e por isso estamos alegres"Salmos 126:3 . Deus é Deus de coisas grandes, vemos na Bíblia relato de maravilhas que ele fez no passado, e hoje, vivo as maravilhas de Deus na minha vida! Quando tudo parece acabado, quando a esperança se vai, clamo ao Deus dos céus, e ele vem com braço forte e atende a minha petição, sinto as forças renovadas e novo ânimo para caminhar, andar mais um passo rumo á terra prometida! Para Deus agir precisa de tão pouco, somente crermos e confiar. Tomo consciência da sua soberania, quando olho para os paradoxos, a contramão de Deus, aquilo que diante de nossos olhos parece insignificante, sem sentido, mas torna-se o veículo do nosso milagre. Quando penso que uma moça pobre, judia e orfã se torna rainha, quando um moço considerado escravo e prisioneiro se torna governador, quando uma mulher toma frente de uma batalha, e quando uma moabita é incluída na genealogia de Jesus, vejo que para Deus a lógica humana é nada. Até hoje os homens questionam e tentam entender e também justificar pelos meios humanos a forma de Deus agir. Quando lembro que Sol e Lua param para que Josué ganhe uma batalha, por três anos não chove sob a palavra de Elias, quando o mar se abre diante da vara de Moisés, eu concluo: " Grande é o poder de Deus, e inquestionável o seu modo de agir" e mais uma vez digo: " pra quê entender o que não é pra ser entendido?"
Em tudo Deus tem um propósito!

Vera Lucia

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A mulher que Deus deseja...

“ Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto” Salmos 51:10

Essa deve ser a oração que toda mulher que deseja ser segundo o coração de Deus deve orar. Quando o salmista falou essas palavras ele desejava agradar a Deus de todo coração, apresentar a Deus um coração puro e sincero. Nos equivocamos quando pensamos que Deus se agrada de sacrifícios, e que ele deseja homens e mulheres perfeitas. Deus ama o coração sincero, Davi escreve que: “ ... a um coração quebrantado e contrito não desprezarás ó Deus.” Salmos 51:17. Hoje, em pleno século XXI, vivemos o alto consumismo, onde a busca pela beleza é intensa, a tecnologia avança a cada dia, dando-nos condições de alterar as formas do corpo, mudar cabelos e tantos outros mais. A mídia nos fornece o modelo da mulher ideal, aquela mulher fatal que vai abalar por onde passar. Muitas para se adequar ao sistema atual, gastam dinheiro e tempo, correm de um lado para o outro, e de repente se deparam com si mesma diante do espelho e concluem que não valeu a pena. Deus criou a mulher para algo sublime e supremo, a mulher é dotada de uma beleza própria, a beleza que nenhuma plástica pode fornecer. Quando Deus olha para mim e você, ele não vê se nosso cabelo está preto ou cor de chocolate, ele não vê se estamos mais gorda ou magra, ele não olha se nosso nariz é quadrado ou precisa de um ajuste. Não! Deus, quando olha para nós mulheres ele deseja que nos tornemos segundo o seu coração. Quando entramos no jogo do mundo atual, acabamos nos tornando frias e calculista, nos tornamos egoístas e a busca do sucesso e da aceitação nos torna muitas vezes em máquinas. Tudo o que Deus fez ele fez perfeito, ele criou a mulher para ser a companheira que Adão precisava, ele criou a mulher para ser amiga, esposa e mãe. Ele dotou a mulher de uma inteligência que a diferencia do homem, o tal sexto sentido, a capacidade de fazer tantas coisas ao mesmo tempo. A capacidade de amar incondicionalmente, perdoar e de se doar em prol do outro. Deus procura mulheres que desejem se tornar segundo o seu coração, mulheres que fujam do sistema do século XXI, mulheres que tenham atitudes e que sejam sinceras em suas ações. Mulheres que não percam a essência para a qual foram criadas. Pergunto a você que está lendo essas palavras: “ Que mulher você quer ser? A mulher moldada pelo século XXI ou uma mulher segundo o coração de Deus?” Para sermos a mulher que Deus deseja, temos que fazer como Maria, sentar aos pés do mestre e ouvir o que ele tem a dizer; deixar ele conduzir nossas vidas pelo caminho que for o melhor para nós, se mesmo em vales ou desertos andarmos, termos a certeza que Deus está conosco. Sermos como Ana e deixarmos tudo no altar, contar a Ele todas as angústias e dores da alma, ter Deus como melhor amigo, aquele que entende os momentos. Ser fiel, equilibrada, e disponível a cumprir o chamado, dizer como Isaías “ Eis-me aqui, envia-me a mim” Isaias 6:8. Ser como Débora, determinada e com atitudes. Como Bigail e interceder pela sua família, negando-se a si mesmo pelo bem do próximo. Assim com a mulher do fluxo de sangue, que tocou nas vestes de Jesus e recebeu a cura. Saber perdoar aqueles que nos fere, ser sincera com Deus e mais do que tudo, saber que toda a nossa vida está mãos do Senhor, ele tem o controle de tudo. Como ser essa mulher que Deus deseja e para qual ele criou em um mundo capitalista, consumista? O salmista nos dá o caminho: “ Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto” Salmos 51:10. Sim, apresentarmos a Deus um coração puro e sincero é o caminho, ouvir sua voz como Samuel (I Samuel 3:8) e deixar ele ter a supremacia em nossa vida. É possível sim, sermos a mulher que agrada a Deus em pleno século XXI, é possível sim, dizer: “Senhor, ... cumpra-se em mim segundo a Tua Palavra" (Lucas 1:38)

Vera Lúcia janeiro de 2012