sábado, 24 de abril de 2010

Dia cinzento ...

O dia amanheceu cinzento e sem vida. O estado de espírito também. Triste, solitário, será o dia? Ou será meus sentimentos? Certamente Davi quando escreveu o Salmo 121, poderia estar se sentindo assim, sozinho e sem perspectiva. Olhando ao horizonte ele via os montes, altos, assombrosos... Foi quando ele escreveu: “Olho para os montes de onde me virá o socorro??” Sim, se olharmos para os montes, não vemos o socorro, principalmente em dias como hoje, dia cinzento e triste. Para onde olhar então? Para a direita e para a esquerda? Para trás? O passado? O Futuro?? Ou o presente??? Não, apenas olhar para o alto! Para o autor e consumador da nossa fé!!! É do alto que virá o socorro para minha vida! Para sua vida!!! Ele me conhece bem , entende meus momentos. Momentos de solidão, momentos de dores e angústias, momentos de incertezas. E é nesses momentos que sentimos sua mão amiga a nos consolar e abraçar e sentimos a confiança como sentiu Davi quando segue dizendo: “O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra.” Sim, nosso socorro vem do Jeová Jiré, Deus da providência!! Somente ele pode tornar um dia cinzento em um dia alegre mesmo sem o brilho do sol! É nos momentos tristes da vida, momentos de decepções, momentos onde as lágrimas se fazem companheiras, onde sentimos falta de um abraço. Ah!! Onde está esse abraço confortante? Abraço amigo??Onde?? Nesse momento, sentimos o abraço do amigo Espírito Santo, dizendo: “Intercedo junto ao pai por ti, com gemidos inexprimíveis...”Rom. 8:26 Sentindo a presença do Senhor em um dia cinzento e sem vida, posso cantar e dizer como Davi: “O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra..” Sinto minhas forças renovar e posso dizer em um dia cinzento: “Sei que meu Redentor vive” Jó 19:25, e posso ouvir a voz mansa e suave dizer : “Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.”Josué 1:9

Vera Lúcia ( abril de 2010)

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Sou seu Deus! Contigo Estou!!!

Quando sozinha estava, no quarto escuro a espada da solidão furando a alma, senti uma mão a me tocar, braços fortes a me levantar, perfume suave penetrou no ar, olhei e vi, o mestre amado a enxugar as lágrimas bandidas que caiam sem parar, eu disse, voz embargada, E agora Senhor? O que será?? É o fim.. melhor morrer... Nãooo !! ele me disse: Filha minha, quando estavas enroladas com o cordão da morte, te livrei, quando estavas no leito de dor, falei contigo, te fiz promessas.. Sou teu Deus! Eis-me Aqui!! Não é o fim.. olhe!!!! Ergui os olhos cansados e vi as promessas que a tanto tempo carrego no coração... mas disse, Deus estou cansada, pés feridos, coração dilacerado.. sozinha... Nãoo!! Filha, não estarás sozinha!!! OLHE!!! Não mais cansarás!!! E vi mais uma vez diante dos meus olhos o rio de Deus, as promessas.... Vai filha minha, estarei contigo, por acaso falaria e não cumpriria? Te faltou alguma coisa?? A solidão de Davi tens sentido, mas eu o Senhor, o GRANDE EU SOU, mudo sua história, Tu és minha!! Todo olho verá!! Toda ferramenta preparada contra ti não prosperará! Toda pedra lançada contra ti, será esmiuçada, Andarás e apregoarás o meu nome, cumprirei palavra por palavra!! Levanta-te e anda!! Longo te é o caminho!!! Quando não puderes andar, não se preocupe, eu te carrego no colo!

Vera Lúcia ( abril /2010)


quarta-feira, 21 de abril de 2010

Cantai ao Senhor!! Em todo momento cantai ao Senhor!!!

Josué tornou-se sucessor de Moisés, esteve ao seu lado durante a travessia do deserto. Aprendeu a servir ao Senhor com Moisés, viu alguns dos milagres, mas Deus, como é Deus que surpreende, queria se revelar ainda mais a Josué. Após, a morte de Moisés, Deus disse: “Sê forte, e tende bom ânimo, estarei contigo”. Josué esteve na diligência que visitou a terra prometida e viu com seus olhos as riqueza que Deus lhes reservara. Ele sabia que ainda existiam conquistas a serem realizadas , era homem valente e certo da presença de Deus, ele venceria juntando com Israel qualquer batalha. Certo momento em meio as conquistas das terras que o Senhor disse dar a seu povo, Josué se deparou com um sério problema. Precisava conquistar Jericó e agora, uma grande muralha os impediam de passar. O que fazer nesse momento? Derrubá-la a força? Creio que Josué como líder nato, pensou: “Vou convocar o povo e vamos derrubar as muralhas em partes, somos fortes, Deus está conosco, seremos vitoriosos”. Deus sabendo conhecendo o coração do seu povo, e se pelo força derrubassem os muros, Israel teria a glória para sim, e não lembraria do seu Deus, mas sim exaltariam sua força e inteligência de seu líder. Deus diz a Josué: “Meu servo cante, convoque o povo cerquem a cidade e no sétimo dia marchem, 7 voltas ao redor da cidade e toquem as buzinas e cantem, e eu o Senhor Deus, derrubarei as muralhas.” Por certo, Josué, pensou: “Sim, cantar, Deus? Desde quando, cantar derruba muralhas?” Nessa hora, Josué lembrou dos milagres do deserto e confiou na palavra do seu Deus. Ele é fiel e justo para cumprir. Ele aprenderia mais uma lição com o seu Deus, em cada momento da vida do servo fiel dependemos exclusivamente da ação de Deus em nosso favor. Ele sabe a melhor forma, a melhor hora de agir em nosso favor. Há momentos que temos que fazer como Josué, crer e somente cantar. Cantar, cantar, cantar e cantar. Cantar no momento de tristeza? Pirou? Cantar no momento da dor? Cantar no momento da perda? Parece loucura!!!! Sim, meu querido(a) cantar nos momentos mais difíceis da vida, cantar nos momentos que fomos traídos, nos momentos em que fomos abandonados, esquecidos por aqueles que mais amamos. Cantar nos momentos tudo parece perdido, não há mais saída, nem para direita, nem para a esquerda. Cantar mesmo com lágrimas, mas cantar. Louvar ao Senhor dos Exércitos, que é soberano , dono do ouro e prata, criador dos céus e terra. Enquanto louvamos Deus age em nosso favor!! Josué, viu com seu olhos os muros da cidade caírem, sem força, apenas com o som das buzinas e as vozes do povo!!! Milagre através do Louvor!!! Seja qual for o momento, “Rendei graças ao Senhor!” "Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor!"Salmos 150:6

By Vera Lúcia

abril/2010



quinta-feira, 15 de abril de 2010

Meu Testemunho!! Deus o grande médico dos médicos!

No ano de 1993, no mês de novembro, fui acometida de uma enfermidade , aos poucos o que parecia uma simples espinha no ouvido esquerdo, se tornou um cordão que poderia ter me tirado a vida. Fui ao médico e recebi o diagnóstico e medicamento para uma suposta alergia, de repente proveniente do shampoo ou sabonete, porém, com o passar dos dias e horas a dor aumentava , tornando-se insuportável. As noites já passaram a ser dia de tanta dor. Quando completou uma semana desse quadro, pela manhã, ao olhar-me no espelho, vi que meu olho esquerdo tremia, parecendo que repuchava. Pensei, deve ser devido a dor e o pouco que dormi essa noite, e decidi ir ao médico novamente. Ao sair para o trabalho, passei no colégio e para minha surpresa e espanto as pessoas me diziam que meu rosto, no lado esquerdo estava ficando torto, sem contar a dor que aumentava mais e mais. Não suportando o calor e a dor, no horário do almoço cheguei na casa de uma prima que era enfermeira, e ela me disse estar indo para o hospital e falaria com a médica de plantão para me atender. Passei no trabalho para avisar e acabei desmaiando de dor, ao chegar ao hospital a médica se apavorou ao ver meu estado e disse: “Eu vi isso nos livros, precisamos enviar a um especialista”. Era sexta-feira e o médico otorrino que atendia na outra cidade não poderia me atender e passou a medicação via telefone. A partir daquele momento, foram 15 dias de dor e agonia, tendo paredes brancas e litros de soro como companhia. Meu rosto ficou totalmente transfigurado, o lado esquerdo todo repuxado, horrível! Sem falar a dor constante. Após exames, foi diagnosticado como vírus de Herpes no ouvido esquerdo, atingindo os nervos da face, e correndo o risco de virar niningite. Suspeita confirmada nos próximos dias e por isso me transferiram para a cidade vizinha (Joaçaba). Na chegada do hospital, desmaiei de tanta dor, sendo conduzida em cadeira de rodas e levada ao isolamento. Foram horas amargas! Não via mais solução, e as promessas do Senhor para minha vida, parecia longínquas, só me restava a morte, o único caminho a vista. Chorava de saudades dos amigos, da família, da igreja. Passei daquele dia em diante a viver dopada de remédios, e sem crer mais na vida. Como meu estado estabilizou, saí do isolamento e passei a dividir um quarto. Os remédios muito fortes me mantinham mais adormecida que acordada, contando com cuidados de um otorrino e um neurologista. Já estava acostumada a essa situação, dormir, açordar, remédios e dormir novamente. Quando completou 15 dias ali naquele hospital, eu acordei pela manhã, e perguntei a mulher que dividia o quarto, que dia era, ela respondeu: “Hoje é domingo” Parei e perguntei o dia do mês, lembrava que era novembro, e ela me disse, nisso eu lembrei que exatamente naquele dia os jovens da minha igreja estariam na cidade de Piratuba em um congresso de jovens, onde eu deveria estar, se não estivesse doente. Eu fechei meu olhos e pela primeira vez desde que entrei nos hospitais, eu orei a Deus. Como Neemias, eu orei ao Deus dos céus. Neemias 2:4. Falei ao Senhor: “Meu Deus, hoje eu deveria estar em Piratuba, os jovens estão lá, e eu Senhor estou aqui, nesse hospital, com o rosto desfigurado, dopada de remédios.” Fiz essas oração e dormi novamente. Eram nove e meia da manha aproximadamente. Quando acordei perto do horário do almoço, e sentei na cama, a mulher no quarto se pôs a gritar e dizer: “Corre! Corre ao banheiro e olhe no espelho! Veja teu rosto!” Quando cheguei ao banheiro e olhei no espelho, qual minha surpresa , meu rosto estava normal, perfeito, olhos e boca nos seus devidos lugares!!! Eu pensei: “Foi Deus”! O que eu não sabia que, como nosso Deus é onisciente e onipresente, após eu ter orado no leito de um hospital, Deus se manifestou lá em Piratuba, e falou ao coração do meu Pastor e do meu Líder. Já em memorian, o saudoso Pb Domingos Pelegrini, após os jovens louvarem ao Senhor, ele disse: “Muito lindo ver essa mocidade reunida louvando a Deus, mas, sinto falta de alguém, um dos componentes do conjunto, a Vera ela está lá no hospital, no leito de dor. Nós vamos orar e Deus vai alcançá-la.” Ele chamou todos os jovens que estavam no congresso, e fizeram uma corrente e oraram por mim. Após a oração, meu pastor disse: “Deus já visitou a Vera no hospital. “ E para honra e glória do Senhor Jesus, ele, o médico dos médicos me visitou e operou uma cirurgia no meu rosto, sem anestesia e sem marcas. Quando os médicos vieram me ver no outro dia se espantaram. Passado dois dias, recebi a visita do meu pai, do meu pastor e da irmã Joceli, qual considero minha segunda mãe, meu pastor tinha certeza que Deus já tinha realizado o milagre. Enquanto eles estavam ali, entram no quartos duas irmãs que estava em visita aos quartos, e Deus usou uma delas para falar comigo, confirmando os projetos de Deus em minha vida e que ele tinha me livrado da morte, e grandes eram os planos dele comigo e do ministério que ele tinha na minha vida, por onde eu passasse, deveria sempre contar o milagre que ELE, tinha realizado. Ele livrou minha vida do laço da morte. Após ser liberado do hospital, fiz exames neurológicos pois os médicos tinham certeza que ficaria com seqüelas, após o otorrino examinar meu ouvido esquerdo por várias vezes, ele disse: “Olha, a Vera deveria ter ficado apenas com 10% de audição nesse ouvido, devido ao estado e dano que o vírus fez, mas o ouvido dela está perfeito.” Meu pai respondeu a ele: “Sim doutor está perfeito, Deus curou, ele é médico dos médicos.” Ele ainda disse: “Olha, essa paralisia deve voltar de seis em seis meses, o vírus fica incubado.” É difícil a medicina admitir que nosso Deus quando opera não deixa seqüelas. E para honra e glória do nome do meu Jesus, no mês de novembro de 2009, fez 16 anos, e nunca mais tive paralisia facial, nem sintoma algum no ouvido esquerdo e muito menos seqüelas da meningite. Deus me deu nova vida, e desde aquele dia, até hoje, ele tem sido meu mestre e guia. Tenho andado por um longo caminho, as vezes dolorido, encontrando espinhos e pedras, porém, certa que a vitória é minha, eu sei em quem tenho crido. Ele é fiel para cumprir todas as promessas feitas a mim!! Meu sonho em pregar a sua palavra pelo mundo a fora, escrever o livro: “Desertos em minha Vida” ainda se tornará realidade. Pois, eu que estava beira a morte, dopada de remédios, destinada a ter o rosto desfigurado de seis em seis meses, ter 10% de audição no ouvido esquerdo, e hoje, meu rosto é perfeito, minha audição normal, graças ao Milagre Divino. Sei que as demais coisas para ele é como o nada, tudo ele pode fazer. Ele, o Deus dos impossíveis, o Jeová Jiré, pode fazer meus se tornarem realidade, no próximo amanhecer!!!!

Vera Lúcia ( abril de 2010)

sexta-feira, 9 de abril de 2010

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Vasos de barro nas mãos do Grande Oleiro!

“Desce Jeremias a casa do oleiro” Jeremias 18 – Deus dá uma ordem a Jeremias para descer a casa do oleiro, lá nosso Deus ensinaria ao profeta que é denominado o profeta chorão, o profeta das lamentações, que não somos nada, somos barro. Jeremias vendo o oleiro amassar o barro formando um vaso de beleza inconfundível, derepente a obra de arte cai e se quebra. Por certo, Jeremias lamentou e falou: Acabou-se um projeto lindo!! É o fim do sonho do oleiro em fazer uma obra de beleza impar. De repente ele vê que o aplicado oleiro com calma e carinho juntar o barro que encontrava-se no chão, e começar a remodelar, amassar, tirar a sujeira do chão que juntou-se a argila e novamente com um carinho redobrado, recomeça seu trabalho, seu projeto, um vaso lindo e único! Nesse momento Jeremias ouve a voz do Senhor Deus : Jeremias!!! Assim como fez esse oleiro, eu, o Senhor poderei fazer convosco!!! Sim! Deus o soberano criador, o grande oleiro, jamais desiste do seu projeto superior : o homem, criado a sua imagem e semelhança. Quando o homem , vaso de barro, criado pelo Criador, começa a andar por caminhos que não são os caminhos que seu oleiro traçou para sua vida, o grande oleiro, quebra o mesmo, para refazer e fazê-lo entender que nada é sem seu Criador. Esse processo de quebra, pode ser dolorido. Muitas da vezes é muito dolorido, é preciso renúncias, mudanças de atitudes, de conceitos. Deixar muitas vezes a religiosidade e passar a viver a vontade de Deus. Isaias diz: “ Quem é o barrro para contender com seu criador?” Nada somos, somos pó. A quebra do vaso, é necessário em nossas vidas, para que nosso Deus nos refaça um vaso sem rachaduras, sem impurezas e assim cumprir os propósitos de Deus na terra. “Bem sei que tudo podes e que nenhum dos seus propósitos pode ser impedido.”Jó 42:2 Nosso Deus é soberano, e nós como vasos nas mãos do oleiro que somos, quando somos quebrados e forçamos a rejeitar nossos projetos, nossos sonhos para viver os sonhos e projetos de Deus para nossas vidas, podemos estar certas que esse novo vaso que está sendo moldado pelas mãos do grande oleiro, será um vaso de honra e cheio de poder. E após, o vaso estar pronto, moldado nas mãos do Senhor, produzirá frutos de redenção no Reino de Deus na Terra. Deus em Jeremias 18, quis dizer a Jeremias: “ Jeremias, mesmo que chores ou lamentes, quando que quero quebrar meus vasos eu quebro, mas saibas que eu os refaço ainda melhores, novos vasos para serem usados com poder e unção na Terra.” Da mesma forma, o oleiro diz a mim e a você: “És vaso precioso para mim, mas eu que tudo vejo, e tudo conheço, estou te quebrando para restaurar algumas rachaduras que estão te impedindo de realizar minha obra na terra. Não se preocupes vaso meu, estás nas minhas mãos e quando minha obra de arte em sua vida estiver pronta, verás que, sou merecedor de toda honra e glória, pois a glória da segunda casa será maior que a primeira!”

Vera Lucia

08 de abril de 2010.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Rendamos-nos a Soberana Vontade de Deus

Como é fácil dizer como Isaías... Eis me aqui Senhor!! Envia-me a mim!!! Isaías 6:8. Mas para o Senhor nosso Deus nos enviar, cumprir seus propósitos em nossas vidas se faz necessário alguns requisitos. Isaías só viu a glória do Senhor após a morte do rei Usias, e viu que ia perecer, viu suas imperfeições, e clamou a Deus que o purificasse. Isaías estava no templo, viu a glória de Deus e viu que ia perecendo! Deus, que nos ama intensamente, e deseja ardentemente ouvir nossa voz dizendo: Ai!! Estamos perecendo! Ai de mim!! Transforma-me! Enviou o serafim com brasa ardente purificando Isaías, pois, grande era o projeto para a vida de Isaías, mas sem o consentimento do mesmo ele não poderia agir. Todas as promessas do Senhor estão condicionadas ao nosso querer, ao nosso permitir, o nosso querer! Após o pronto desejo de Isaias Deus disse: Pronto, agora veja o que tenho para ti, serás profeta, te enviar a proclamar a vinda do Messias: “Um menino vos nasceu, um filho se vos deu ...” sendo conhecido posteriormente como o profeta messiânico. Assim como na vida de Isaías, é na minha e na sua vida. Precisamos nos desprender de muitas coisas para ver o cumprimento das promessas do Senhor. Deus é fiel e sua palavra é verdadeira se se cumpre. Ele não atrasa o cumprimento. Nós somos os únicos culpados de estarmos em atrasos com os projetos de Deus para nossas vidas! Muitas das vezes renunciar o eu interior, o egoísmo particular para viver a soberana vontade do Senhor pode ser dolorido, então, é preferível continuar pensando que Deus é culpado das promessas não terem se cumprido. Ou será seu pai, mãe, marido, ou o vizinho??? Não!!! Somos nós, unicamente nós que atrasamos os projetos de Deus, por sermos egoístas, e queremos fazer a nossa vontade e não deixarmos que ele nos conduza para a sua exclusiva vontade!!! Rendamos-nos a soberana Vontade de DEUS!!!!

Abril de 2010.

Vera Lucia

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Milagre da Vida

Como qualquer mãe, quando Karen soube que um bebê estava a caminho, fez todo o possível para ajudar o seu outro filho, Michael, com três anos de idade, a se preparar para a chegada. Os exames mostraram que era uma menina, e todos os dias Michael cantava perto da barriga de sua mae.Ele já amava a sua irmazinha antes mesmo dela nascer. A gravidez se desenvolveu normalmente. No tempo certo, vieram as contraçoes.Primeiro, a cada cinco minutos; depois a cada três; entao, a cada minuto uma contraçao. Entretanto, surgiram algumas complicaçoes e o trabalho de parto de Karen demorou horas. Todos discutiam a necessidade provável de uma cesariana. Até que, enfim, depois de muito tempo, a irmazinha de Michael nasceu. Só que ela estava muito mal. Com a sirene no último volume, a ambulância levou a recém-nascida para a UTI neonatal do Hospital Saint Mary. Os dias passaram. A menininha piorava. O médico disse aos pais: "Preparem-se para o pior. Há poucas esperanças".Karen e seu marido começaram, entao, os preparativos para o funeral. Alguns dias atrás estavam arrumando o quarto para esperar pelo novobebê. Hoje, os planos eram outros.Enquanto isso, Michael todos os dias pedia aos pais que o levassem para conhecer a sua irmazinha. "Eu quero cantar pra ela", ele dizia.Começou a segunda semana de UTI e esperava-se que o bebê não sobrevivesse até o final dela.Michael continuava insistindo com seus pais para que o deixassem cantar para sua irma, mas crianças nao eram permitidas na UTI. Entretanto, Karen decidiu. Ela levaria Michael ao hospital de qualquer jeito. Ele ainda nao tinha visto a irmã e, se nao fosse hoje, talvez nao a visse viva. Ela vestiu Michael com uma roupa um pouco maior, para disfarçar a idade, e rumou para o hospital. A enfermeira nao permitiu que ele entrasse e exigiu que ela o retirasse dali. Mas Karen insitiu: "Ele nao irá embora até que veja a sua irmazinha!"Ela levou Michael até a incubadora. Ele olhou para aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida. Depois de alguns segundosolhando, ele começou a cantar, com sua voz pequenininha:

"Você é o meu sol, o meu único sol.

Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro..."

(->Aquela música: "You are my sunshine.. my only sunshine.... You make me happy when skies are gray...)

Nesse momento, o bebê pareceu reagir. A pulsaçao começou a baixar e se estabilizou. Karen encorajou Michael a continuar cantando. "Você não sabe, querida, quanto eu te amo. Por favor, nao leve o meu sol embora..."Enquanto Michael cantava, a respiraçao difícil do bebe foi se tornando suave.

"Continue, querido!", pediu Karen, emocionada.
"Outra noite, querida, eu sonhei que você estava em meus braços..."

O bebê começou a relaxar.

Cante mais um pouco, Michael. A enfermeira começou a chorar.
"Você é o meu sol, o meu único sol.
Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro...Por favor, nao leve o meu sol embora..."

No dia seguinte, a irma de Michael já tinha se recuperado e em poucos dias foi para casa. O Woman's Day Magazine chamou essa história de"O milagre da cançao de um irmão". Os médicos chamaram simplesmente de milagre. Karen chamou de "milagre do amor de Deus".

NUNCA ABANDONE AQUELE QUE VOCE AMA. O AMOR É INCRIVELMENTE PODEROSO!

Fatos Reais - Pela transcrição: Dalva Costa Moreira.

Palavras, momentos, palavras ....

Há momentos na vida que ficamos numa encruzilhada, qual caminho seguir? Será que seguimos a direita ou a esquerda? Pra frente ou voltamos? Qual caminho será melhor? Qual deles é o mais indicado? Qual deles será menos solitário? Em qual deles encontraremos pedras, espinhos, barreiras a ser vencidas? Em qual desses caminhos, encontramos as repostas de nossas orações? Onde nossos sonhos serão realizados? É, dúvida cruel!!! Mas, ouvimos a voz mansa e suave de Jesus, nosso amigo fiel, " Te tomo pela mão direita e ajudo a prosseguir." Deleita-te no Senhor e ele concederá o desejo do seu coração." Então, o melhor caminho a ser seguido é aquele em que o mestre está ao nosso lado. Mesmo que esse caminho tenha pedras, espinho e barreiras a ser vencidas. Mesmo que durante a caminhada, temos que passar pelo vale de Jaboque e lá ter um encontro com o anjo e ele mudar o nosso nome. Mesmo que nessa caminhada, haja decepções, amigos que ficam para trás, outros que nem eram amigos. Sim, as decepções fazem parte da vida. O consolo é que Jesus amigo fiel, esse nunca nos abandona e nem nos decepciona!! Ele não olha nossos defeitos, não julga, ele sabe que somos pó, e somos falhos. Ele sempre estará a postos para perdoar, nos consolar e nos carregar no colo. Então seguimos em frente, e descobrimos que o melhor caminho é estar na centro da vontade de Deus.
Há momentos nessa caminhada que o melhor presente, não é uma barra de ouro, mas sim um abraço. Há momentos, que as palavras fazem diferenças.. E aí, fazemos uma pausa na caminhada e perguntamos: Deus, onde encontrarei ? Deus, como encontrarei? Ah! Deus será que tu tens isso para minha vida?? Deus as decepções são tantas, não será mais uma? Como ter certeza? As horas passam e a resposta não vem. Deus não brada do céu, dizendo: Filha, é assim.... vai acontecer assim... Mas Deus, nos dá evidências... e se derepente nem assim entendemos, ele pode até fazer a mula falar. Certo dia, alguém me disse: há momentos na vida que acontecem uma vez só e se deixarmos passar, eles podem não mais voltar!! O melhor a fazer é baixar a guarda. Derrubar o muro...
Hoje, entendo que há verdade nessas palavras, e que vale a pena correr o risco... pois, e se esse momento não mais voltar??? Descobri que ter a vida programada, um dia pode dar pane no sistema. Então, viver um dia de cada vez, talvez seja a maneira de ser feliz. Para ser feliz, precisa tão pouco. Uma palavra é suficente. E o amanhã??? Bom, o amanhã a Deus pertence. Não faço mais planos... tenho dito a Deus: "Senhor quero viver um dia por vez, curtir os momentos.. e o restante está nas suas mãos... Quando quis, fazer do meu jeito, me arrebentei, agora, só os cacos, então, Senhor, tu que és o oleiro, faça do seu jeito.."
Há momentos que certas palavras não precisam ser ditas. Há momentos que elas estão presentes até mesmo em uma vírgula. Palavras vão e vem, mas há palavras que ficam no coração!!! Palavras que são bálsamo! Palavras que tem sabor de mel, melhor do que muitos milhões!!!

Vera Lucia

Deus Tudo Vê! Ele é fiel...

Desejo imensamente que esse dia seja um dia, alegre e maravilhoso. Que nesse dia vc possa fazer projetos e sonhar os sonhos que Deus sonhou para vc. Porque eles são lindos. Como escreveu meu amigo Jeremias em lamentaçòes: "Trago a memória o que me dá esperanças." O passado ou recordações tristes não podem nos dar esperanças, então, pense no amanhã, o dia que Deus cumprirá todas as promessas que fez a vc. Mesmo que o mundo todo não acredite, mas Deus é fiel para cumprir muito além daquilo que nos prometeu. Eu acredito. E mais, Deus se preucupa conosco ele nos ouve, e cuida até em cumprir os detalhes. São eles, os detalhes que fazem a diferença e podem nos fazer feliz. Sempre digo, para ser feliz precisa muito pouco. Por muito tempo pensei que Deus não se importasse com os detalhes, as pequenas coisas que podem nos dar felicidade, mas descobri que ele se importa. Descobri que Deus ouve a oráção, simples e sincera. Muitos pensam que tem que gritar, ou formular palavras lindas para Deus ouvir. Não, ele ouve aquela que sai com sinceridade do coração. Como escreveu Davi: "a um coraçào contrito não desprezarás óh Deus..." Quero dizer com tudo isso, que Deus, o teu Deus , aquele que te escolheu, tem te guardado por tu andas, as vezes parece que não, mas ele tem estado com vc todos os dias, ele é seu amigo fiel. Deus ouviu todo lamento, todo choro, viu toda angústia, as incompreensões. Viu os sonhos que se perderam no caminho, as esperanças rasgadas, o coração machucado, despedaçado, esmigalhado.. Viu as lágrimas que foram sua companheira por muitas e muitas noites, muitos e muitos momentos. E sabe o que ele fez? Ele enviou um anjo com a missão de colher as suas lágrimas em uma taça, uma a uma , e e levar a té ele. E ele disse ao anjo: Olha, lá está meu servo, pelo qual tenho imenso amor, essas são suas lágrimas, olhe, são angústias, dores, lamentos, tristezas, decepções, traições, humilhações.. tenho visto.. hoje, vou mudar esse quadro, vou mudar a partir de hoje a história do meu servo. Chega de choro, a partir de hoje, chegou o tempo de cantar e sorrir. Vai anjo, estás incumbido em levar alegria aquele coração sofrido. E levar a resposta para todas as orações que estão em depósito diante de mim. Diga a ele que vou cumprir as promessas em sua vida, que tenho preparado para ele momentos de alegria, momentos de paz, momentos felizes. Sou o Deus de restituições. Estou hoje restituindo os sonhos na vida do meu servo. Estou hoje, soprando as cinzas que ofuscam os talentos que dei a ele. Estou hoje renovando a aliança que fiz com ele e renovando seu ministério. Sou Deus que posso fazer o impossível e o que me apraz. Uso de diversas maneiras para cumprir meus propósitos na vida do homem. Vai anjo, leve para aquele coração despedaçado, a chama do amor, a porção da alegria, e isso fará que esse coração volte a bater com vida, trazendo alegria ao olhar, e ao seu rosto. E o anjo saiu para cumprir a missão que Deus lhe deu. E você é o destinatário dessa missão.

Dezembro de 2009